sexta-feira, 26 de junho de 2009

Passeando na blogosfera.



Quantas surpresas nos reserva esta blogosfera? Hoje pelas minhas andanças deparei-me com um blog super simples e delicado. Fui levada para o mesmo através de uma imagem que pesquisava e pega de surpresa por uma música que tocava, (Eu havia minimizado a janela e esqueci o áudio ligado e oh, céus, eu detesto estas músicas invasivas que tocam assim que entro em um blog) Mas, esta eu não pude ignorar.

E por que? Por que a música que tocava era de uma beleza ímpar.
Uma obra prima, ainda não fui verificar a autoria, pois que desconheço totalmente. Mas poucas obras reunem poesia belíssima, profunda e intensa.
O título? " Alma gêmea de minha alma" assemelhando-se a um fado, com seu estilo inconfundível, nem de longe pensei em postar algo assim hoje...
Pensei que em postar algo de cunho mais prático.
No entanto, diante de tão comovente surpresa, não pude privar você de também apreciar não apenas a música que toca em um play liste com mais outras canções que nem de longe são tão belas quanto ela.

O blog singelo denomina-se "Alma cúmplice" e ao que tudo indica é uma declaração de amor de um casal, onde apenas eles dois têm acesso.
É por esta e por outras que sou encantada por este mundo da blogosfera, e sua ardente defensora.
Por que achamos tão rapidamente quem condene tal ferramenta, desconhecendo seus críticos que a ferramenta não traz em si nada de bom ou ruim, mas reflete apenas o que vai no íntimo de quem a manipula.

Blog onde a encontrei em play list:
FONTE:
http://almacumplice.blogspot.com/

Com vocês a letra belíssima de:

Alma Gêmea de Minha'Alma.

Alma gêmea da minha alma Alma gêmea da minha alma flor de luz da minha vida
Sublime estrela caída das belezas da amplidão.
Quando eu errava no mundo triste e só no meu caminho
Chegaste devagarinho e encheste o coração.
Vinhas nas bênçãos de Deus na divina claridade
Tecer-me a felicidade em sorrisos de esplendor.
És meu tesouro infinito
Juro-te eterna aliança porque sou tua esperança como és todo o meu amor.
Alma gêmea da minha alma se eu te perder algum dia
Serei a escura agonia da saudade nos seus véus.
Se um dia me abandonares, luz terna dos meus amores,
Hei de esperar-te entre as flores da claridade dos céus!

Onde encontrei a letra:

FONTE:
http://eoseguinte.blogspot.com/

A letra obtive em outro blog onde a autora afirma:

" Este poema faz parte de um romance espírita chamado " Há dois mil anos".
Já nem me lembro do romance em si, porque o li há uns bons 20 anos, mas o poema eu guardei comigo e nunca esqueci. Acho lindo!"

quarta-feira, 24 de junho de 2009

A História por outro ângulo.




Se Cristovão Colombo tivesse tido uma esposa, seria obrigado a ouvir coisas assim, e teria desistido:

- E por que é você que tem que ir ?

- E por que não mandam outro ?

- Você vê tudo redondo !

- Você está louco ou é idiota ?

- Você não conhece nem a minha família e quer ir descobrir o novo mundo !

- E só vai homem nessa viagem ? Acha que eu sou idiota ?

- E por que eu não posso ir, se você é o chefe ?

- Desgraçado, não sabe o que mais inventar para sair de casa !

- Se cruzar esta porta eu me vou embora para a casa da minha mãe ! Seu sem-vergonha !

- Quem é Pinta ? E quem é essa tal Nina? Essa María, filha da p#t@ que ainda se diz Santa ?

- Tinha tudo planejado, maldito ! Vais encontrar-te com umas índias piranhas !...

- Pensa que me enganas ?

- A rainha Isabel vai vender suas jóias para você viajar ?


-Acha que sou maluca ou o que ?

-O que é que você tem com essa piranha velha ?

- Você não vai a lugar nenhum ! Você vai é cair num barranco porque o mundo é achatado, seu besta! !!!

Esta e outras piadas você encontra no blog: Trocando Idéias.
E ver e conferir.

FONTE:
http://professor-william.blogspot.com/

domingo, 21 de junho de 2009

Carpe Diem dos infernos!




Não, esta não é apenas mais uma postagem de desabafo, pra falar a verdade nem sei mesmo onde vou marcar esta postagem, uma vez que ela é também um pranto, um lamento.
Por um bom tempo ouvi pessoas dizerem que eu era alguém radical, extremada e que isso prejudicava meus relacionamentos em geral.
No entanto eu tornei-me assim, e isto se deu por absoluta nescessidade de sobreviver a um mundo caótico, corrompido pela perda de valores.
Perdoe meu desabafo, talvez quem sabe ninguém leia mesmo isso e eu não precise desculpar-me...


Talvez eu fique expostas ás críticas, seja rotulada de sabe-se lá quantas coisas, não me importo...
Mas hoje, fiquei muito triste.
Não uma tristeza qualquer, mas por que ainda seja idealista demais pra este tempo acelerado que vivemos...
Talvez eu seja tola demais pra alguém que pensa ser descolada...
Antes de relatar o fato, (e nem sei mas se vale á pena) cito que hoje é uma espécie de luto em meu coração por este pequeno incidente, e agora vejam vocês...
Eu definitivamente não saberia viver sem meus valores...
Sem meus princípios, (Mais uma vez, desculpe amigo) mas este não será um texto breve, nem poderia, pois que meu lamento é imenso é um lamento por muitas coisas...

Breve histórico:

Muitos aqui sabem que minha formação é em História, amo esta matéria, sempre destaquei-me nela, minha descoberta para o magistério também deu-se cedo, quando eu ainda adolescente ajudava crianças com os deveres e escolares e ganhava alguns trocados por isso...
Adorava aquilo e sonhei ser professora, isso se fez ainda no Ensino Médio, no antigo e Magistério, ali encontrei grandes mestres e eles muito me ensinaram...
Durante mais de 10 anos lecionei, passando por Educação de Jovens e adultos, alfabetização, e por fim História, mas, devido a um grande stresse que resultou em depressão, vi-me obrigada a abandonar meu ofício, por que simplesmente não pude mas conviver com tudo aquilo: O caos, o descaso e tudo mais que nem vale a pena mencionar...


Pouparei você dos detalhes, (talvez eu criei um outro marcador e prossiga meu relato)
Enfim, joguei tudo pra o ar!
Abandonei minhas duas cadeiras, reneguei minha vocação...
Sofri deveras com tudo isso.
No entanto, em minha vizinhança sabem que sou profissional competente, e esta competência é pra muito além da formação, sou rigorosa, exigente mesmo.
Não sou condescente com alunos, não negocio regras, e, principalmente, não sinto remorso...


Mesmo eu dizendo que preferiria mil vezes limpar privada á voltar á discência, acabei cedendo aos apelos de minha mãe pra voltasse a lecionar ainda que aulas particulares, ditas, REFORÇO para algumas crianças...
Meio relutante aceitei.
Uma dessas crinças foi indicada por sua vó a garota logo mostrou extremo descaso com os estudos, a ponto de eu avisar á sua vó que não aceitaria mas trabalho em cima da hora pra orientar.
Avisadas estavam, elas retornaram um tempo depois com um trabalho de pesquisa sobre Literatura Amazonense, isto era uma sexta á tarde, o trabalho seria entregue na 2ª feira, mesmo vendo o volume de pesquisa e o prazo mínimo aceitei o trabalho, contornei a situação e por questões financeiras aceitei o trabalho, voltei atrás em minha palavra...


Pra minha surpresa a garota não apenas não mostrava interesse algum, como estava ainda mais relaxada e displicente!
Ao ponto de não saber usar uma régua, eu tinha que arrumar motivação pra mim e pra ela...
E ela ali, com extrema má vontade, cheguei a pedir que fosse passar uma água no rosto pra espantar o sono que ela demonstrava ter, brinquei um pouco com ela, mas pouco adiantou...
Foi embora e pouca coisa tinhamos feito, foi uma festa junina á noite e ao que tudo indica voltou tarde.


Marquei ás 8:00h, ela apareceu ás 9:00, com a conhecida má vontade, como a pesquisa na net estava demorando por conta da lentidão virtual e pela desordem de alguns sites (fato lamentável que pretendo comentar em outra ocasião) avisei a ela que demoraria um pouco, então ela me disse que iria em casa bem rápido e retornaria pra prosseguirmos.


Avisei que não demorasse mesmo por que ainda haveria muita coisa a fazer,ela se foi e não mas retornou, deixou tudo largada por cima da mesa, todo o material escolar, quando busquei saber o paradeiro da mesma, fui informada que não apenas ela, mas toda a família haviam ido a um balneário.
Diante de minha perplexidade, encerrei a pesquisa, recolhi o material dela, juntei tudo e entreguei a minha mãe para que repasse aos " responsáveis" dela.

E anexei o seguinte bilhete:


Senhora...

Ai esta a pesquisa de sua neta( cita o nome)
tendo em vista a irresponsabilidade da mesma e mediante o descaso com os próprios estudos, informo que não mas orientarei a mesma, não precisa pagar nada, fica como gentileza para a senhora.


Ao entregar á minha mãe ainda comentei:
"Espero que ela não venha mas me procurar, por que não farei mas trabalho algum, por nenhum dinheiro do mundo!"

Ao mesmo tempo que pensei e proferi tal frase, lembrei-me de meus mestres e eu tive o privilégio de ter muitos excelentes,lembrei-me que se eu aceitasse trabalhar em tais circunstâncias isso seria um a desonra, uma desonra ao meu ofício e aos meus mestres!

Isso seria uma forma de prostituição!

Fiquei um bom tempo refletindo sobre tal questão e lamentando muito triste, muito mesmo ao ponto de eu lembrar do quanto eu amava os livros e fazer meus deveres.
Lógico que não espero que todas as criançs sejam assim...
Mas fico também impressionada com o descaso e também irresponsabilidade dos " RESPONSÁVEIS" que por um domingo de sol, agem de forma tão patética...

Mas, como se diz por ai...
O importante é aproveitar a vida!
Curtir, CARPE DIEM, afinal, aproveitemos, bebamos, saboreamos tudo...
Tomemos todas, amanhã estaremos mortos mesmo...
O que é um trabalho escolar?
Deixa isso pra lá...
Depois resolvemos!
O bom é aproveitar!
Carpe Diem.
Carpe Diem dos infernos este!
Parece até que o mundo vai acabar amanhã...
Que disciplinar alguém que protelou um trabalho não é importante!
Vamos curtir, afinal pra que estudar?

Carpe Diem dos infernos!
Vivamos hoje!
Amanhã estaremos mortos, se não literal mas certamente subjetivamente
sim.


(Desalento com o ofício de professor)

sábado, 20 de junho de 2009

Pedofilia felina.



Esta manhã que é costumeiramente tumultuada e divertida aqui em casa, como costumam ser nossas manhãs de sábado, meu querido André saiu-se com esta: " Isso é pedofilia felina!" A razão dele proferir tal frase e em tom de fúria intensa era por que Salena nossa querida gatinha preta estava senso assediada por um gato siamês, a questão é que o gato é adulto e ela ainda uma menina...

Outra questão o tal gato fora meu a um tempo atrás, mas abandonou a casa assim que eu adotei uma cadelinha basê chamada Sofia, Ivo, o gato desgostou-se de tal forma que sumiu, pensavamos até que ele havia desaparecido de vez...

Mas retornou, no entanto permanece nômade, vagando por ai...
Tornou-se rebelde e parece odiar a pequena Salena que inocente deseja apenas o direito de ir ao quintal brincar com os outros gatos, o interessante disto tudo é que Ivo, agride apenas Salena tendo outros gatos inclusive outra filhote por lá Alice...rs

Bem, o fato é que estamos com cuidados redobrados com ela que cada dia esta mais sapeca e faceira...

Tiramos algumas fotinhas delas e em breve vamos por aqui...


" Chegará o dia em que o homem conhecerá o íntimo de um animal,
e neste dia todo crime contra um animal,
será um crime contra a humanidade."

Leonardo Da Vince

sexta-feira, 19 de junho de 2009

AVISOS OPORTUNOS.




Estive ausente estes dias por problemas de saúde, nada grave, creio que esta semana as coisas se normalizem por aqui.

Meu p.C também esteve "indisposto" e manifestou crises de intemperança...rs
Mas ainda que eu não esteja postando, estou colhendo idéias pra nosso Caleidoscóopio.

Comunico que os banners de divulgação de nossos parceiros estão com problemas nos links e logo estaremos resolvendo isso.
Precisando de algum dado sobre nossos parceiros é só deixar um recado.

Adicionei alguns banners de causas sociais, como o Animais S.O.S, campanha contra a pedofilia, o Pegada Ecológica e um banner de pesquisa da UOL educação, este último em fase de teste. Cliquem neles, conheçam e deixem suas apreciações.

No final do Caleidoscópio Insano há também dois banners de divulgação, um sobre meu livro "Por dentro do Caleidoscópio" onde você pode conhecer um pouco mais de mim através de meus insanos relatos. Nele faço incurssões sobre todas as paixões de minha vida, aquilo que me moveu e comoveu...

E também um outro do livro do amigo Marcos Carvalho, livro de poemas minimalista de leve leitura, mas intensa emoção.

Visitem os BOOKES, folheiem os livros e votem, o retorno de vocês é importante pra nós.


Até mais.

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Como saber que alguém é de fato especial?





Pena que nem sempre as pessoas acreditam que são especiais simplesmente porque são amigas e as amamos, e mais nada. Sem nenhuma outra intenção que se precise provar.... Sem querer nada material em troca, mas simplesmente a companhia, um diálogo.....

Faça este Teste das Cinco Perguntas:

01 - Diga o nome da pessoa mais rica do mundo.

02 - Cite o nome do último ganhador do prêmio Nobel.

03 - Agora diga o nome da última miss universo.

04 - Dê agora o nome de um ganhador de medalha de ouro nas Olimpíadas.

05 - E para terminar, o último ganhador do Oscar.

Lembrou de algum? Difícil? E olha que são pessoas famosas! Não são anônimas!!! Mas o aplauso morre, prêmios envelhecem, grandes acontecimentos são esquecidos, e dinheiro acaba!

Agora tente este outro:

01 - Escreva o nome do professor que você mais gostava.

02 - Lembre do amigo que ajudou você em momentos difíceis.

03 - Fale sobre uma pessoa que lhe ensinou alguma coisa valiosa.

04 - Pense na pessoa que fez você se sentir amado(a) e especial.
05 - Recorde uma pessoa com quem você gosta de estar.

Mais fácil este teste, certo?

Sabe por quê?

As pessoas que fazem diferença na sua vida não são as que têm mais credenciais, dinheiro ou prêmios. São as que realmente se importam com você!

Você até pode ser uma pessoa anônima para o mundo, mas é especial para os seus amigos!

"Não abandones a teu amigo". (Provérbios 27:10)

"Há amigo mais chegado que um irmão". (Provérbios 18:24

domingo, 14 de junho de 2009

Humildade, você perdeu a sua?




Neste mundo de imagens, status e popularidades. Observei como é fácil em nossos dias perder a humildade, cair em deslumbramentos tolos. São tantas as possibilidades, qualquer um pode ler a "orelha" de um livro e comentar uma dúzia de clichês, frases de efeito que soam "conhecimento" aos ouvidos simplórios.
No meio acadêmico isso é constante, a vaidade, o conflito de egos faz com que alguns " doutos" não andem, mas levitem.
Sou a favor de dar mérito a quem mérito tem, mas há casos em que o auto-imagem de muitos está tão inflada que resta-nos apenas aos pobres mortais observar os deuses do Olimpo em suas disputadas de egos.
Onde é o Olimpo de nossos dias?


De uma passsada em comunidades de sites de relacionamentos, ou assista a alguns programas ditos cristãos, ou vá simplesmente ao shopping, (preferencialmente os mais badalados) é um festival de orgulho e arrogância sem precedentes.
Estes dias passeei por esta tal BLOGSFERA e vislumbrei um cenário bem estremado:
De um lado pessoas altamente conscientes de suas limitações e desejosos de ajudar.
e de outro, algumas demonstrações de soberbas que incluem desde a extensa lista de títulos até o destaque em negrito para o estado civil, sim, parece que ser casado é algo notório, que eleva a quem o é...
Creio que se além de negrito, itálico e sublinhado houvesse também neon, certamente seria utilizado...(rs)


É fácil permitir que suas poucas conquistas sejam elas em que área forem "subam a sua cabeça" como costumamos dizer, no entanto um policiamento de todos nós se faz de fato nescessário, pois tal qual um vírus, o deslumbramento é contagioso.
Eu mesma já fraguei-me com tal comportamento patético em comunidades virtuais, mas como em nossa vida tudo é aprendizado e nada se perde, aprendi boas lições, a preços altos, vale ressaltar.
Hoje procuro observar mais minhas atitudes, ouvir mais as pessoas e especialmente o que elas pensam de mim, não como forma de auto-renúncia, mas como exercício de humildade.


Sim, exercício porque creio que muitas de nossas virtudes são semeadas durante toda a vida, e a humildade é uma destas.
Lembrei-me de um colega de faculdade que trabalhava num tribunal, ele era administartivo e contou-nos que alguns advogados exigiam serem chamados de "doutores" ora pois, até onde sei doutor é quem faz ou melhor quem conclui o doutorado que afinal são bem poucos.
Usar finas jóias,roupas de marcas, adornar-se e perfumar-se é de pouca utilidade se o nariz é empinado demais, se somos incapazes de cumprimentar serviçais, se fazemos nítida distinção entre os que lideramos e os que nos lideram.

Por isso contemplei esta semana com o tema HUMILDADE
Solicito que votem na enquete, comentem as frases e imagens e fiquemos mais atentos á nossas atitudes esta semana.

" Lembra-te de que és pó e em pó hás de tornar." Gênesis 3:19

sexta-feira, 12 de junho de 2009

Mulheres



(Longo, mas compensa, não é apologia, apenas realidade descrita na visão de um poeta do cotidiano)

"Certo dia parei para observar as mulheres e só pude concluir uma coisa: elas não são humanas. São espiãs. Espiãs de Deus, disfarçadas entre nós.
Pare para refletir sobre o sexto - sentido. Alguém duvida de que ele exista?
E como explicar que ela saiba exatamente qual mulher, entre as presentes, em uma reunião, seja aquela que dá em cima de você?


E quando ela antecipa que alguém tem algo contra você, que alguém está ficando doente ou que você quer terminar o relacionamento?
E quando ela diz que vai fazer frio e manda você levar um casaco? Rio de Janeiro, 40 graus, você vai pegar um avião pra São Paulo. Só meia-hora de vôo. Ela fala pra você levar um casaco, porque "vai fazer frio". Você não leva. O que acontece? O avião fica preso no tráfego, em terra, por quase duas horas, depois que você já entrou, antes de decolar. O ar condicionado chega a pingar gelo de tanto frio que faz lá dentro! "Leve um sapato extra na mala, querido. Vai que você pisa numa poça..." Se você não levar o "sapato extra", meu amigo, leve dinheiro extra para comprar outro. Pois o seu estará, sem dúvida, molhado...


O sexto - sentido não faz sentido!
É a comunicação direta com Deus! Assim é muito fácil... As mulheres são mães!
E preparam, literalmente, gente dentro de si. Será que Deus confiaria tamanha responsabilidade a um reles mortal?
E não satisfeitas em ensinar a vida elas insistem em ensinar a vivê-la, de forma íntegra, oferecendo amor incondicional e disponibilidade integral. Fala-se em "praga de mãe", "amor de mãe", "coração de mãe"...
Tudo isso é meio mágico... Talvez Ele tenha instalado o dispositivo "coração de mãe" nos "anjos da guarda" de Seus filhos (que, aliás, foram criados à Sua imagem e semelhança).


As mulheres choram. Ou vazam? Ou extravasam?
Homens também choram, mas é um choro diferente. As lágrimas das mulheres têm um não sei quê que não quer chorar, um não sei quê de fragilidade, um não sei quê de amor, um não sei quê de tempero divino, que tem um efeito devastador sobre os homens...
É choro feminino. É choro de mulher...
Já viram como as mulheres conversam com os olhos?
Elas conseguem pedir uma à outra para mudar de assunto com apenas um olhar. Elas fazem um comentário sarcástico com outro olhar. E apontam uma terceira pessoa com outro olhar. Quantos tipos de olhar existem?
Elas conhecem todos...
Parece que freqüentam escolas diferentes das que freqüentam os homens! E é com um desses milhões de olhares que elas enfeitiçam os homens.
EN-FEI-TI-ÇAM !


E tem mais! No tocante às profissões, por que se concentram nas áreas de Humanas? Para estudar os homens, é claro! Embora algumas disfarcem e estudem Exatas...
Nem mesmo Freud se arriscou a adentrar nessa seara. Ele, que estudou, como poucos, o comportamento humano, disse que a mulher era "um continente obscuro". Quer evidência maior do que essa? Qualquer um que ama se aproxima de Deus. E com as mulheres também é assim.


O amor as leva para perto dEle, já que Ele é o próprio amor. Por isso dizem "estar nas nuvens", quando apaixonadas. É sabido que as mulheres confundem sexo e amor. E isso seria uma falha, se não obrigasse os homens a uma atitude mais sensível e respeitosa com a própria vida. Pena que eles nunca verão as mulheres-anjos que têm ao lado. Com todo esse amor de mãe, esposa e amiga, elas ainda são mulheres a maior parte do tempo. Mas elas são anjos depois do sexo-amor. É nessa hora que elas se sentem o próprio amor encarnado e voltam a ser anjos. E levitam. Algumas até voam. Mas os homens não sabem disso. E nem poderiam. Porque são tomados por um encantamento que os faz dormir nessa hora."

(Luís Fernando Veríssimo)

Texto oriundo do blog da amiga Kátia Celeiros.
FONTE:
http://literaturamundana.blogspot.com/search/label/ver%C3%ADssimo

Azul da cor do mar.

Algumas músicas entram em nossa vida e de algum estranho modo falam muito á nossa alma.
"Azul da cor do mar" é assim pra mim, especialmente na versão de Tim Maia. Que mesmo com sua característica "ranzizice" sempre dava uma pitada de desabafo e protesto, bem era assim que eu via Tim Maia, aprendi a aprecia-lo ainda na infânia quando minha mãe o ouvia por tardes inteiras.

Esta é de certo modo uma homenagem á minha mãe que ama M.P.B e um tributo á Tim Maia, que foi um grande intérprete de nossa música. "Fala ai Síndico!

Azul da Cor do Mar.
Tim Maia Composição:


Se o mundo inteiro Me pudesse ouvir
Tenho muito prá contar Dizer que aprendi...
E na vida a gente Tem que entender Que um nasce prá sofrer Enquanto o outro ri.. Mas quem sofre Sempre tem que procurar Pelo menos vir achar Razão para viver...
Ver na vida algum motivo Prá sonhar Ter um sonho todo azul Azul da cor do mar...
Mas quem sofre Sempre tem que procurar Pelo menos vir achar Razão para viver...
Ver na vida algum motivo Prá sonhar Ter um sonho todo azul Azul da cor do mar...


FONTE:
http://letras.terra.com.br/tim-maia/48917/

video

quinta-feira, 11 de junho de 2009

Por dentro do Caleidoscópio.




Espero que você possa apreciar as alterações feitas no Caleidoscópio Insano, todas elas foram feitas com o intuito de dinamiza-lo, tornando-o também mais atraente e útil para você.

* TEMA SEMANAL.

** COMENTÁRIOS DETALHADOS.

Vejamos alguns aspectos:

1. A presença dos seguidores logo á entrada: Estímulo á novos leitores.

2. On Line: Saber quando você está por aqui.

3. * Enquete: Conhecer sua opinião é uma forma de escrever temas pertinentes.

4. Letreiro: Uma forma de comunicar algo.

5. Relógio: Simples e prático.

6. Calendário: Discreto e informativo.

7. Metereologia: Para apenas cinco cidades referênciais.

8.* Frase semanal: Com ela eu o convito á reflexão.

9.* Imagem semanal: Ler imagem é possível, leia e comente.

10. Slid: Diversas imagens para estimular sua visão.

11.** Mural de recados: Espaço pra você comunicar algo rápido.

12. Temas: Oriente-se por eles. ( Novos temas sendo preparados )

13. Ache aqui/ Pesquise: Localize rapidamente o que precisa.

14. Parcerias: Visite os sites que ampoiam o Caleidoscópio Insano.

15. Perfil: Conheça mais sobre mim. (Atualizado).

16. Delicado da vida: Uma breve lista das coisas que aprecio.

17. Obras primas: Lista de livros e filmes que assisti e recomendo.

18. Visito: Sites que costumo visitar e também recomendo.

19. Blogs de amigos: Companheiros que estão comigo nesta jornada virtual.

20. Citador: Frase por autor, diariamente um grupo de três frases.

21. Contador: Este registra apenas as entradas externas. É confiável.(rs)

22. Recomende: Possibilidade de você recomendar-nos pra amigos.

23.** Linke-me: Recurso pra que você levar nosso banner pra divulgação em sites.

24. Ajude: Talvez possa ajudar na procura de pessoas desaparecidas.

25. ** Salena: Ela brinca com você.

26. Traffic Live: Observe de onde veem os "insanos" rs

27.* Galeria de fotografias: Apreciar o pensamento de pessoas que fizeram a História.

Qualquer dúvida, deixe recado.

* TEMA SEMANAL: Procurarei trabalhar semanalmente com um tema, desta forma é possível focar de maneira mais intensa um assunto pertinente ás nossas nescessidades.

Estes pontos de apoio: Enquete, frase, imagem e galeria, colaboram com isso.
Por isso solicito que você priorize-os em sua visita comentando e votando.

** COMENTÁRIOS DETALHADOS:

1. MURAL: Enviar um recado é simples e prático, vc aciona a cx, clicando em ENVIAR RECADO, preenche alguns dados e envia. Podendo ainda fazer uso de emoticons pra ilustrar seus recados. Será agradável ler seu comentário e responder assim que possível.

2. LINKE-ME: Clique sobre o código e copie, leve para o seu site e comunique-nos deixando seu link , visitaremos e formaremos parcerias.

3. SALENA: Ligue a cx. de som e passe o mouse sobre ela, ela ronrona pra você e mexe cabeça, rabo e patinhas.

quarta-feira, 10 de junho de 2009

O não saber.



O não saber é a prisão dos que buscam...
A insalubre sarjeta...
Não é mais que a incerteza da certeza.
E, de todas as certezas.

Nos versos desconexos que escrevo permancem
meu silêncio e minha dor.
Resignar-se pode ser nobre.
Pode se consolo,fulga, clamor.

O estranhamento de não ser mas quem pensava-se ser...
A infinita angústia de percorrer os próprios vales sombrios...
Um não sei que de sofreguidão, misturada á água rota...
Sou um pouco de mulher e ainda simples garota.

Novamente as palavras assolam minha mente e coração.
E fazem-me ver o que de fato elas são...
Um pranto contínuo, um passo para resignação.
Um momento de paz e libertação.

Não ouso chamar a estes versos poemas,
pois eis que pobres rimas traduzem
ricas dores...
E de tudo que sei, resta a certeza dos dissabores
.

(Das dúvidas ao meio do caminho)

terça-feira, 9 de junho de 2009

Mudanças Caleidoscópicas.



Mantenha a calma, você está em casa, é o nosso bom Caleidoscópio que esta mudando a carinha por um pequeno ajuste nescessário em alguns links, as mudanças serão poucas e creio que não trará desconforto á você e lembre-se:

Qualquer coisa é só deixar um recado em nosso mural ( é por ele que estou a fazer estas alterações).

Aguarde novidades Caleidoscópicas.

Abraços.

segunda-feira, 8 de junho de 2009

O rapto das penteadeiras


Era uma coisa comum ve-la ali no quarto de nossas mãe e avós.
Ela parecia encantar meninas de todas as idades com sua delicadeza
e apelo feminino...


Mas derrepente, não sabe-se bem por que, a penteadeira foi raptada do conjunto de móveis da casa!
E com ela todos os objetos de afirmação da feminilidade:
Pentes, (ora pois) escovas, perfumes em belos frascos...
Plumas, (Há plumas...) quando criança lembro-me de minha vó passar uma suave em meu pescoço... Que coisa mais delicada, suave e perfumada era receber uma pluma no pescoço...


Lembro-me que ela tinha uma fita de cetim no qual envolviamos os dedos...
A pluma era equivalente ao mais terno carinho...
Mas a decoração moderna achou-a demodê no caso, ou não??
Assim como o bidê. Ou não?

O fato é que não vemos mas penteadeiras nos dormitórios femininos..
Seriam elas uma apologia excessivamente evidente da feminilidade exarcerbada???
Ora, ao sentar-se ali diante de um espelho, eis que a menina (de 5 a 80 anos) via-se irremediavelmente atraida por tal móvel...


Havia mil coisinhas pra fazer pela beleza pessoal, pra muito além do talquinho...rs
Havia escovas de cerdas macias, daquelas que quanto mais escovamos mais nos deliciamos e nos perdemos naquele gesto por que não dizer de "auto-carinho"?
E derrepente a penteadeira se foi...
Provalvemente as mulheres perdiam algum tempo ali, perdidas em meio á sua feminilidade, acho até que no tempo das penteadeiras era bonito ser feminina de fato...
Gostar das coisas de mulher, hoje em dia ai de uma de nós que coloque coisas meigas pelo quarto!
Isso seria uma afronta ás mais ortodoxas decorações modernas!

Então lembrei-me de uma pequena penteadeira de ferro que foi de minha vó, depois de minha mãe, minha e depois de minha irmã... o pobre móvel foi de lá para cá convertido em tudo, móvel de tv improvisado, fruteira ou legumineira de cozinha...rs
Suporte de porta tudo para meu esposo...enfim...
Ela foi e voltou em múltiplas funções e quando eu imaginava converte-la em uma estante pra livros...
A olhei carinhosamente e pensei...
Ah, ela perdeu apenas o espelho...
Vou repo-la áo quarto e restituir sua função original...


E sabe o que ocorreu?
Passei a cuidar mais de mim.
Recebi um estímulo extra pra passar mais tempo cuidando de minhas madeixas...rs

Podemos fazer diversas leituras e conjecturas sobre o rapto das penteadeiras...
Quem ganharia com isso?
O mercado de trabalho e sua fúria neoliberal? rs
As feministas que olham com desdém as frescurites femininas?
Ou decoradores invejosos que sempre desejaram ter um móvel destes e contentaram-se com suas bancadas de desenhos??

Enfim, deixemos de lado as conjecturas e resgatemos o bom hábito de dedicar tempo aos cuidados femininos, creio que todos agradecerão, maridos e afins que poderão contemplar o zelo feminino, crianças e afins que podem ser acarinhadas com escovas, plumas e perfumes...

Ou mesmo meninas que serão iniciadas na arte de ser mulher...

OBS: Ao pesquisar imagens para aqui colocar uma linda penteadeira bem ao estilo antigo, encontrei um site que avisa que elas foram resgatadas!
Isso mesmo, as penteadeiras es tão de volta!
Para a felicidade das mulheres e encantamento dos machões.


(Aguardem foto com minha penteadeira..rs)

VIDE PENTEADEIRAS NESTE SITE:

http://casa.abril.com.br/materias/moveis/mt_420533.shtml

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Simplesmente, Salena.

Era um dia como outro qualquer, nada de especial até então...
Ouvimos um miado abafado, vindo de um canto do quintal e ao procurar nos defrontamos com ela: Uma gatinha preta, bem miúda e maltratada, parecia apavorada, André pegou-a e tentou acalma-la, mas ela miava continuamente, não um miado qualquer, mas um miado de dor, também não uma dor qualquer de fome ou frio, mas de aflição, talvez a aflição do abandono...

André entregou-me ela, que assim que em meu colo chegou parou de miar, nunca, nunca esquecerei aquele olhar...

Ela olhou-me tão ternamente e (Perdoe-me os não amante de animais) parecia que ela sim falava comigo, parecia ali que ela dizia-me: " Cuida de mim? sou apenas um bebezinho!" então notei algo estranho, ela tentava esconder as patinhas, e o motivo?

Suas patinhas eram "cotós" como chamamos, parecia que alguém havia cortado as pontas de suas pequenas patas, ou era apenas uma deformidade? Não sabiamos.

Minha família ama animais, sempre os tivemos em casa, eu quando criança tive o privéligio de morar sempre em casas espaçosas com quintais (Bem ao estilo caseiro mesmo), meus pais ensinaram-me a amar e respeitar os animais e dele compaderce-se.

Logo dela cuidamos, toda a família (inclusive meu pai) acolheu a gatinha e começamos a levantar hipóteses pra o que ocorrera com as patinhas da tal gatinha.

Coincidência ou não, alguns dias atrás eu havia desejado muito ter um gato preto, eu havia ido ao blog de minha amiga Kátia e lá havia encontrado um widgt de gato preto, eu copiei pra mim, (ele ainda esta aqui no blog), e também nós temos um colega que conhecemos na net, que usava um avatar de um lindo gato preto e usava o nick de Salém eu acompanhara a série da Feiticeira quando criança e era encantada por aquele gato!

O gato preto inspirado no Salém e com toque pessol de amigo Samuel Cruz. (Salém)



Manifestei veemente meu desejo por um animal com tais características:
Eis que surge o tal gatinho, mas pra meu desapontamento, era fêmea e nós já tinhamos duas...rs

O fato é que a tal gatinha conquistou a todos, inclusive minha mãe que guardava uma certa reserva com gatos pretos...rs

Ela é um animal encantador, aqui nesta foto (que foi sua primeira) ela demonstra o quão graciosa é, mas seus encantos não param ai, ela é simplesmente encantadora, brinca demais, é super companheira, afeiçoou-se a mim e ao André de maneira impressionante e resistiu bravamente a hostilidade dos outros gatos de casa, 4 no total...rs



Hoje não sei como seria minha vida sem ela, sua ternura e travessuras...rs
Agora neste exato momento tive que pega-la pela janela, por que aventurava-se em fazer companhia ao André que arrumava umas pedras no quintal...rs

Bem, amigo, sei que este talvez não seja meu melhor e mais importante texto, mas eu queria compartilhar com você um pouco de meu mundo e do que nele habita:
Amor, ternura e carinho em forma de um pequeno animal.

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Por que você fez um blog?


Hoje em incurssão pelos blogs de amigos (se és meu amigo e tens um blog, eu passei por lá hoje) senti uma pitada de otimismo nascente, não exatamente nos amigos, mas em mim mesma. E qual a razão deste otimismo?
Simples. As pessoas ainda creem.

Não falo aqui apenas em crença de cunho religioso e ou dogmático.
Mas tão somente a mais bela de todas as crenças: A crença no melhor do ser humano.
Se não vejamos, se você tem um blog subtende-se que nele escreverá e em escrevendo, espera que alguém o leia, ( por mais que não se admita isso..rs) como o faz um destes meus amigos...
No entanto se um tema lhe apetece o gosto você o abraça e o converte em palavras, palavras estas que tomarão forma na tela do meu computador, do seu e sabe-se lá mas de quem e tendo em vista que estas mesmas telas podem estar a serem vistas por um transeunte (visitante) em meu lar, creio que tal veículo, net + blog é ferramenta de esperança.

E onde vai esta esperança?
Vai em todos os anseios, sonhos e ideais que felizmente insistimos em alimentar.
Um amigo escreve poemas, outro discorre sobre Filosofia, outra enche as páginas de textos suaves, e a inda há os que comentam o cotidiano...

Cada vez que percorro um blog, percebo embutida ali, nas sutis entrelinhas, uma forma de apelo:

Há textos belos, leiam!
Há fatos engraçados, vejam!
Há o que se discutir, venham!
Há ternura em minha alma inquieta!
Faço versos, podem não ser doces e belos.
Mas versos são...

E isto o que seria se não a tentativa de nutrir e embalar os seus, os meus, os nossos sonhos?
Parabéns amigos por levarem esperança travestidas em palavras e assim contribuir para a permanência do SER humano.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...